quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Dietas diferentes podem levar ao mesmo resultado...


Para alcançar quaisquer resultados na mudança de composição corporal (emagrecimento e aumento da massa muscular), existem várias alternativas na dieta, caminhos diferentes que podem ser usados para chegar ao mesmo lugar... 

A combinação de Batata-doce com peito de frango é colocada em um pedestal pelos amantes da hipertrofia muscular, mas não há nada mágico nessa combinação que não possa ser trocada por outra! Pergunto: há algo maravilhoso na carne de um animal que ficou trancado sua vida inteira (que é bem curta, na verdade, me refiro ao frango de granja), estressado, comendo 24h por dia algo que não é o padrão da espécie, já que as luzes não se apagam e o que se fazer se não se descansa? Por outro lado, praticamente todo o gado bovino no Brasil passa 95% da sua vida solto, comendo o que gado selvagem come, pasto! Isso significa que é quase uma carne orgânica! Outra opção, a carne suína, é a mais consumida no mundo, em quilos representa o dobro da carne bovina! Ter medo de comer por causa de contaminação??? Fala sério... Antigamente era problemático, havia muita criação caseira com péssimas condições sanitárias... Mas atualmente????? É a carne mais consumida no mundo inteiro, precisa dizer mais alguma coisa??? É tão densa nutricionalmente quando a carne bovina, ricas em Zinco, Ferro, Cobre, vitaminas do complexo B, vitaminas lipossolúveis (A, E e K, já que aumentar os níveis plasmáticos da D com carne não funcionam), antioxidantes como Ácido Alfa Lipóico e Ubiquinona (Coenzima Q10), ao contrário de frango não-caipira... Todavia, se a pessoa come "porcamente", parece que nunca viu comida na vida e engole tudo inteiro, nem mastiga, e a carne não foi bem cozida, e também não tem boa procedência, mas tudo isso tem outro contexto...

Ah! Seu medo é a gordura??? Bom, então você não “fuçou” ainda todo meu blog, porque já postei sobre isso aqui , então não vou tocar no assunto de novo. Se ainda não sabe ou duvida da farsa das gorduras, vá para esse site aqui , é o melhor que conheço sobre o assunto...


Então há tantas opções de carnes: bovina, suína, peixes enlatados em óleo (atum, sardinha) ou frescos (sardinha, tainha, tilápia, tanhota, corvina), frutos do mar de uma forma geral. 

Além das opções de carnes, há tantos modos diferentes de preparar (frita, cozida, assada, grelhada, ensopada) e tantos cortes diferentes, basta escolher um...

Agora, falando de carboidratos: tem algo milagroso na batata-doce? Ela tem índice glicêmico baixo, mas e daí? Se você comer Batata inglesa (índice glicêmico um pouco alto) com Chuleta bovina frita, sabe o índice glicêmico "elevado" dela? Despenca, é reduzido drasticamente... Só vai engordar se a dieta for desajustada, hipercalórica demais ou com carboidratos demais...

Jamais, por exemplo, que vou trocar uma refeição como esta abaixo (Aipim + Bisteca suína frita na Banha + Azeite extra-virgem) por Batata-doce com frango não-caipira...





Ressalto que esta refeição aí foi após um treino intenso de musculação com meu excepcional treinador Treinador Thiago Passos. Essa obsessão por suplementação com Whey Protein após um treino precisa acabar! Como ele diz, e eu concordo, depois do treino a melhor coisa é tomar um bom banho... E essa refeição foi mais de uma hora após o treino, sendo que possivelmente minha refeição pré-treino (a primeira do dia) foi Abacate com Whey Protein, pelo menos 3h antes do treino. Digo possivelmente porque já faz muitos dias e não lembro mais, depois que meu filho nasceu tenho ido treinar em jejum várias e várias vezes, o que não é problema algum... Já postei sobre esse tema de "janela de oportunidade pós-treino" aqui, então sugiro que leia e abra sua mente...

Há estratégias também para diminuir o volume de comida por refeição, por exemplo trocar Aipim (macaxeira, mandioca, é tudo a mesma coisa) por Farinha de Mandioca... 100g da farinha tem aproximadamente 85g de carboidratos, 10g de umidade (água), 6g de fibras (principalmente solúvel, fundamental na redução do Índice Glicêmico) e resíduos de proteínas (1,5g)... Tem Índice Glicêmico moderado e bastante carboidratos. Pense, o que é mais fácil: comer 100g de Farinha ou aproximadamente 400g de Aipim????? Vai fazer diferença na sua dieta para hipertrofia muscular se for farinha??????? Só se for diferença para melhor, já que terás que comer menos! Assim com menos comida alcança-se a meta de carboidratos... É besteira? Porque então tomar Whey Protein? Uma das maiores vantagens dele para o processo de hipertrofia muscular é a elevada proporção de proteína por grama de alimento, é muito mais fácil consumir 30g de Whey Protein do que comer 4 Ovos de galinha (200g) ou 100g de carnes... 

Há também quem ignore a Aveia, mais de 55% dela é carboidrato, é fantástica para suprir a necessidade de carboidrato comendo pouco... "Ah! Mas tem glúten..." Será???? Faça pão só com Aveia então, veja se não dá pra usa-lo como tijolo, de tão duro que fica! Então eu retruco: se glúten dá leveza e elasticidade na massa, cadê o glúten da Aveia????? Resíduos de glúten geralmente "só" fazem mal para quem já expôs demais o corpo à essa droga, ou quem já nasceu com essa sensibilidade... Ela pode ser misturada com Ovos, temperos e Bacon para preparar um delicioso omelete, seja no Azeite extra-virgem, Banha, Manteiga ou Óleo de Côco extra-virgem...


Aveia, Arroz (me refiro ao verdadeiro, que é integral como veio da natureza), Batatas doce e inglesa, Mandioquinha, Cará, Inhame, Banana, Farinha de Mandioca...

Jamais que troco uma refeição como Arroz (ou Aipim) com Chuleta bovina (ou bisteca suína) frita na Banha pela refeição endeusada dentro do mundo da musculação... E para ficar ainda melhor tempero as carnes 24h antes de levar ao fogo, com sal marinho não-refinado, limão, cominho, pimenta, orégano... Sal? Sim, vai me dizer que também não leu minha postagem sobre isso? Tá na hora de fuçar o blog desde as postagens antigas então... O detalhe é que o excesso de sal só é retido no corpo se a dieta for caracterizada por aumentar Insulina o tempo todo, ou seja, só aumenta a pressão arterial para quem vive se empanturrando de carboidratos e tem deficiências de vários nutrientes (vitamina D, Magnésio e Boro)...

Opções não faltam, o importante é ajustar as quantidades (em gramas) para seu objetivo, para sua individualidade biológica...

Aí depois de tudo isso que você leu, pergunto: pra que comer várias vezes no dia uma só combinação de alimentos, que nem é tão boa assim???? Com tantas fontes alimentares de carboidratos, pensando em hipertrofia muscular, dieta restrita só tem quem quer...

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Aloe Vera

É, já faz um bom tempo que não posto, e se o blog entrou em férias nos últimos meses com meu filho ainda na barriga da mãe, agora que ele já nasceu, acho que o blog vai hibernar... kkkkk

Então...

Aloe Vera é a popular "Babosa", cujo poder renovador de mucosas ("cicatrizante") é muito forte, como provavelmente você já tenha ouvido alguma vez... O que poucos sabem é que por dentro (boca, esôfago, estômago e intestinos, ou seja, em todo o trato gastro-intestinal) é a mesma coisa, ao tomar um suco com a polpa dela, o efeito será o mesmo! Isso é fantástico (já que muitos "problemas de saúde" iniciam no intestino), principalmente para quem tem problemas nas mucosas (úlcera gástrica, síndrome do intestino irritável, hiper-permeabilidade intestinal, etc), provavelmente a Aloe Vera será útil. Porque eu destaquei em azul? Para que você lembre de algo muito importante: individualidade. Nem todas as estratégias funcionam para todos, o que pode ser remédio para um é veneno para outro... Meu pai está consumindo diariamente há alguns meses, e notou várias melhorias na pele, consistência/formação fecal, diminuição de flatulência, e principalmente diminuição da sensibilidade excessiva que sentia no lado esquerdo do corpo (sintoma de estresse oxidativo), mas já houve casos de pessoas que começaram à tomar por minha orientação e que tiveram problemas. Então testar e avaliar sempre é bom...

E não é "só" isso, tem efeitos digestivos muito interessantes, bem como é levemente anti-biótica (prefiro dizer que é reguladora da microbiota intestinal)...

Mas adivinha porque há poucos estudos científicos sobre essa planta? Simples: Aloe Vera tem em tudo que é lugar, você pode plantar na sua casa e ter isso sempre, de graça! Alguma indústria lucra muito com isto? Claro que não, por isso quase não há estudos, os poucos são financiados pela indústria, tanto que o mais elaborado que já vi é de autoria da maior indústria de Aloe Vera no mundo... E aí, será que é 100% confiável? Difícil afirmar...

Detalhe: a casca da Aloe Vera contém uma substância extremamente tóxica, chamada Aloína, que é, basicamente, a defesa da planta contra predadores... Apenas o que pode ser consumido é sua polpa transparente!

Ah! Você lê meu blog porque é "marombeiro", está pensando como isto pode lhe ajudar... Acha que frango com batata-doce é a única coisa importante para "ficar grande???" Para quem pensa isso, aipim com bisteca suína leva ao mesmo resultado, sabia??? Pensa comigo: o quanto você exige do trato gastro-intestinal com o alto volume de alimentos e suplementos que consome???? Sendo que a Aloe Vera é altamente antioxidante e quanto mais calorias mais estresse oxidativo, não lhe é interessante equilibrar isso e ainda melhorar a digestão e absorção dos nutrientes, que são tão importantes para a hipertrofia e recuperação muscular?????

Observem os quadros abaixo, resumo rápido dos benefícios da Aloe Vera:

Amenizara azia ou a possibilidade da má digestão, sobretudo das proteínas.
Estimularas enzimas e a síntese dos sucos gástricos.
Contribuirpara a saúde do estômago, pâncreas, vesícula biliar e intestinos – órgãos diretamente envolvidos no processo digestivo.
Garantira integridade da mucosa intestinal, da qual depende sua perfeita permeabilidade e, indiretamente, a saúde da pele e do sistema imunitário.
Criarum terreno favorável à flora simbiótica e desfavorável aos microrganismos patológicos.
Combateros focos de inflamação da mucosa e tecidos conjuntivos que recobrem o trato gastrintestinal – da boca ao ânus.
Condicionaras células do trato gastrintestinal em prol de uma melhor digestão, assimilação e eliminação.
Promovera higienização dos intestinos, estimulando o peristaltismo e hidratando o bolo fecal.
Regenerarcom rapidez e perfeição a mucosa e os tecidos porventura lesionados do trato gastrintestinal, tal qual faz com a pele. A mucosa intestinal tem uma sobrevida de poucos dias – de três dias no duodeno a sete dias no intestino grosso.

Acelerara regeneração e garantir a vitalidade e tonificação dos tecidos epiteliais – previne as marcas senis, a flacidez da pele, e as ligações cruzadas do colágeno, que enrijecem os tecidos conjuntivos, promovem as rugas, engrossam a pele etc.
Atuarcomo fator antioxidante, inclusive contra a ação dos raios ultravioletas – seu FPS natural é na ordem de 10-15, variando com as condições de crescimento da planta.
Promovera hidratação e desintoxicação do epitélio, por dar maior fluidez à substância fundamental da matriz extracelular
e à linfa.

Então, veja se consegue testar o suco da Aloe Vera, bem mais interessante que a modinha detox...

Certo?

terça-feira, 15 de julho de 2014

Individualidade biológica e Estratégias Nutricionais

Antes de falar da postagem: provavelmente muitos devem ter notado que as postagens aqui estão cada vez mais raras. Isso se deve ao fato de que estou investindo muito mais tempo para minha vida extra-profissional, sou casado, meu primeiro filho está para nascer, amo meu violino, tenho meu lado criança que gosta de brincar (tanto com o corpo físico quanto no mundo virtual), e com certeza tenho também os treino de alta intensidade...

Eu estava abordando o blog quase como um obrigação, e cansei, não é o blog que vai dizer se estou atualizado com a literatura científica, é minha dinâmica de trabalho no consultório. Esse mundo virtual é novo, antigamente então não haviam bons profissionais, porque não tinham blogs?? 

Agora, voltando ao tema do título...

Quando alguém procura um Nutricionista bem como Educador Físico para ser seu treinador particular (personal é marca de papel higiênico), querem mudar algo na forma física: aumentar a massa muscular ou reduzir a gordura corporal (definição muscular é consequência da redução conjunta de gordura/glicogênio/água subcutânea), isso quando não querem "assobiar e chupar cana ao mesmo tempo", fazer as duas coisas, como se desse para navegar em dois barcos ao mesmo tempo...

Para que as mudanças desejadas apareçam, o indivíduo precisa entender uma coisa: não é hora de satisfazer o ego, se o treino e a dieta dele funcionassem, ele não estaria procurando apoio profissional, então precisa obedecer 100% a prescrição (treino e dieta), ou não pode falar uma palavra sequer depois para reclamar... Porque isso acontece com alguma frequência, não fazem corretamente e ficam falando mal... Quem se acha o sabidão, faça um favor: nem procure Nutricionista e Treinador, siga seu ego... 

Lidamos com individualidade biológica, não temos bola de cristal para adivinhar como será o resultado, por conhecimento prevemos e direcionamos cada detalhe para tal objetivo, mas os resultados dependem da dedicação e da resposta adaptativa de cada pessoa aos estímulos diferentes que serão propostos (treino e dieta)! Nem sempre tudo sai como planejado, em qualquer situação na vida é assim! Se você começou à seguir a dieta e teve diarreia (especificamente, fezes gordurosas) horas depois de comer determinado alimento, porque a culpa tem que ser do nutricionista? Será que não é sua, que não comia gordura e por isso desenvolveu colelitíase (pedra na vesícula biliar)??? Ou, ainda, será que não é nossa culpa, foi uma intolerância do seu organismo ao alimento, que nunca foi detectada antes??? Começou à ter Pirose (azia) e a culpa é do nutricionista??? Tá com muita flatulência (gases, pum) e a culpa é do nutricionista??? 

Uma coisa precisa ficar muita clara em relação à dieta: a principal função dela não é massagear o seu ego!!! Para isso, pergunte à sua mãe se você é lindo... A dieta serve para dar o resultado que você quer, se tiver que comer 3x/dia a mesma comida, vai comer!!! Não quer resultado??? Então quer uma dieta super variada e saborosa? Quer ficar gostosa comendo comida gostosa???? Procure uma lanchonete, pizzaria, vá para o corredor de salgadinhos e biscoitos do supermercado, nesses lugares você terá o prazer da comida...
Não quero dizer que a dieta será uma tortura, óbvio que não é isso, mas agradar ao paladar não é o objetivo das pessoas quando vem consultar, é mudar o corpo! Então porque ficar com essa ideia tosca de "dieta variada" e não aceitar que precisam mudar a mente para poder mudar o corpo?? Pra que teimosia??? O gosto da dieta deve estar em segundo plano, pare com besteira e foque na dieta!

Sucesso é 1% inspiração e 99% transpiração! Vergonha na cara e muita dedicação!

O que conheço de pessoas (clientes ou não) que perderam o foco por causa da copa do mundo é uma grandeza, é um fato ridículo e vergonhoso! Porque não perdem o foco por coisas mais importantes, por exemplo, pelo fato do vereador, que mora no mesmo bairro, não estar cumprindo com as promessas da campanha eleitoral??? Porque não choram por causa da corrupção??? Fala sério...

Exemplos:

Você julga que o diretor (cargo mais alto na empresa) chegou lá como?


Será que um funcionário entra em uma empresa no cargo mais humilde e se torna diretor décadas depois falando mal dos colegas de trabalho, faltando ao serviço, chegando atrasado, não se esforçando, não dando o melhor de si????


Será que o Messi simplesmente tem tanta habilidade porque foi privilegiado com a arte do domínio de bola? De certo ele nem treina, né? Só confia no próprio talento e não o desenvolve...


Será que os fisiculturistas campeões do Mr. Olympia chegam lá de qualquer jeito? Quem é leigo acha que é só encher os glúteos de anabolizantes... Se enche de anabolizantes então, e veja no que dá! Vá no Youtube assistir vídeos de como é o dia-dia (treino, dieta, trabalho) deles antes de falar qualquer coisa... Superar a dor no treino e encarar a dieta sempre serão as maiores dificuldades... Se os anabolizantes não existissem, os campeões seriam os mesmos, só que menos volumosos, já que o diferencial não é o anabolizante...


Porque você acha que será diferente na dieta e treino????

"Ah, Luiz, mas essa dieta é muito radical, não tem pão integral, nem leite/iogurte, nem arroz parboilizado, nem macarrão, tem muitos ovos, abacate, comidas gordurosas, que não costumo comer! Vai totalmente de encontro aos meus hábitos alimentares!!!"
Pára, né????
Nascemos gostando de porcarias (queijo petit suisse como danoninho, biscoito recheado, salgadinho, achocolatado, pão, macarrão, refrigerante, suco artificial, cereal matinal de milho, chocolate-cheio-de-açúcar-com-resíduos-de-cacau)????
Lógico que não, a culpa é dos nossos pais, que nos deram lixo alimentar... Radical é comer comida de mentira, que o tataravó do nosso bisavó jamais teria coragem de comer, isso sim!!! 

Teoricamente, cada Nutricionista desenvolve suas próprias estratégias, pensa e age de um jeito único. Deveria ser assim, pelo menos! Muitas vezes, não é isso que acontece! Se cada Nutricionista deve saber qual é seu diferencial, o meu é não ficar repetindo aquilo que dá pra ler em dezenas de outros sites, ou aquilo que o professor falava na graduação e pós-graduação... Imagino o que outros nutricionistas pensam quando leem este blog, alguns devem me criticar horrores, mas ignoram que Nutrição não é uma ciência exata, e que não existe receita pronta, dada pelos professores!

Enquanto um Nutricionista que não pensa por conta própria afirma que glúten não faz mal para pessoas não-celíacas porque um determinado Conselho Regional de Nutrição falou isso (Ingestão de GLÚTEN pode causar DEPRESSÃO em indivíduos com sensibilidade ao glúten não celíaca! Mesmo sem haver qualquer relação com sintomas gastrointestinais: Estudo clínico aleatório: glúten pode provocar depressão em pessoas não-celíacas), outro entende que reduzir o consumo de glúten de 5 refeições no dia para uma já é o suficiente, outro tira definitivamente... Um deixa laticínios na dieta, outro diminui, outro não deixa.

Será que dá pra saber quem é melhor???? Glúten pode não fazer mal para determinada pessoas, mas certamente bem ele não faz, então dá pra tirar definitivamente, mas diminuir o consumo teoricamente já é um avanço... O mesmo vale para os laticínios...

Pessoalmente, observo muito mais resultados positivos quando tiro tudo, pois já removo o gatilho (estopim) para o ganho de peso e desequilíbrio fisiológico! Mas esse são meus resultados, podem ser diferentes dos seus!
Será que estou certo, errado, ou nem um nem outro????
Difícil responder estas perguntas, seja qual for o nutricionista, ele quer que você tenha resultado, então ele adota estratégias que para ele fazem todo o sentido do mundo, e se der resultado, vai reclamar do que????

Eu aperfeiçoo minha verdade absoluta diariamente, que não é nem um pouco inferior à verdade dos nutricionistas super famosos, muitos dos quais ainda temem a gordura saturada!!! Enquanto muitos nutricionistas nada famosos e pessoas que nem são nutricionistas sabem que isso é ridículo, que gordura de verdade não faz mal e que a culpa é o excesso de carboidratos, especialmente o trigo...

Quer um exemplo de "verdades inquestionáveis caindo por terra"?

Musculação, pensando em hipertrofia muscular, consome prioritariamente como fonte energética, o Glicogênio (carboidrato armazenado dentro do músculo, que depende de uma dieta com bons níveis de carboidrato nas 24-48h anteriores ao treino) e isso é totalmente diferente de Glicemia, aí muitos nutricionistas e treinadores ficam apregoando que precisa ter bastante carboidratos antes do treino, para evitar queda de desempenho e perda de massa muscular... Pára, né??? Já citei em algumas postagens, minha refeição pré-treino (desjejum) sempre foi, essencialmente, Abacate, ou seja, gordura! E isso nunca me impediu de treinar com a mesma intensidade de alguém que se entope de carboidrato antes do treino, e obtive ótimos resultados em termos de hipertrofia muscular!
É até ridículo dizer que depende dos carboidratos na refeição pré-treino. Então se não tiver, você vai iniciar o agachamento e parar na repetição x porque acabou a glicose na fibra muscular??? Vai ficar esperando a Insulina chegar com mais glicose na célula, para continuar as contrações??? Pára, né????


Profissional famoso não é sinônimo de profissional perfeito!

Profissional experiente não é sinônimo de profissional excelente!

Quantas e quantas pessoas terminam uma graduação universitária e se aposentam pensando as mesmas coisas, agem do mesmo modo, ficam na mesma mesmice? Sempre estão literalmente paradas, não progridem! Tem gente que não aprende, se acomoda e que acha que já sabe tudo! Aí busca um profissional, por vários motivos o objetivo não é alcançado, e anos depois esta pessoa acha que o profissional ainda é o mesmo... Lógico que acha, pensa que é igual à ela, parada no tempo!

Inclusive, já falei que não dá pra ficar atualizando as postagens, as ideias mudam, vão se aprimorando com o passar do tempo, porque é isto que eu busco, melhorar cada dia mais!!! Se você começa sua carreira e termina da mesma forma, sai da faculdade e se aposenta pensando a mesma coisa sobre seu trabalho, você foi um profissional fracassado, não buscou melhorar. Foi um fracassado sim, porque ninguém é perfeito e sempre há algo à melhorar... Então você pensa que os outros são iguais à você?? Acorda...

Agora, julgar um profissional por uma conduta, por favor... Se a individualidade não fosse importante, todos cobraríamos bem mais caro, muito mais caro!

A individualidade já começa no gênero! Homens e mulheres tem pouquíssimas coisas semelhantes: morar no mesmo planeta, por exemplo... Fisiologicamente, são muito diferentes, isso vem dos níveis hormonais (testosterona, GH, estrógenos, serotonina) e por isso suas dietas geralmente precisam ser diferentes...
Enquanto homem sente mais prazer nas gorduras, a mulher tem esse prazer nos carboidratos!

Então, de uma vez por todas, entenda que, tratando-se de corpo humano, 2 + 2 não é necessariamente 4...

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Colágeno


A suplementação de Colágeno também já foi "moda" (principalmente entre as mulheres), graças ao bombardeio de informações da indústria de suplementação...

Só que suplementar Colágeno é algo desnecessário para 99,99% das pessoas! Nosso corpo tem uma capacidade muito grande de produzir Colágeno, desde que haja matéria-prima...

É óbvio isso, qualquer produção exige matéria-prima! Mas na prática, parece que até mesmo profissionais (alguns nutricionistas, não generalize pois não são todos) não usam os neurônios para chegar à essa conclusão, e ficam prescrevendo esse suplemento para "todo mundo"...

Em vez de verificar se o corpo tem como produzir...

Vamos lá, quais matérias-primas?

Aminoácidos (são os "tijolos" que formam as proteínas): praticamente todos! O aminoácido limitante é a Hidroxiprolina (mais à frente, abordarei como é sua produção no corpo humano)

Minerais: Cobre, Manganês, Silício e Zinco.

Vitaminas: Riboflavina (B2), Ácido Pantotênico (B5), Piridoxina (B6), Biotina (B8), Ácido Fólico (B9), Cianocobalamina (B12), Ácido Ascórbico (C), Retinol (A), Calcitriol (D) e Tocoferol (E).

De tudo isso, ressalto um nutriente: vitamina C. Ela participa como coenzima ("ajudante de enzimas") em reações de hidroxilação. Que lindo isso, né? Vou traduzir: transforma Prolina em Hidroxiprolina (o que coloquei como aminoácido limitante mais acima nesta postagem)... D-E-T-A-L-H-E: a vitamina C é hidrossolúvel, e pra piorar praticamente não há estoque (ao contrário das outras hidrossolúveis - complexo B, que são um pouco mais estocadas, porém ainda em baixa quantidade), ou seja, alimentos fontes precisam ser incluídos ao longo de todo o dia...

Qual o meu preferido? Adivinha... Limão! De novo, essa maravilha que já abordei nesta postagem aqui. Cheio de antioxidantes, melhora a digestão das proteínas, alcaliniza todo o corpo...

Colágeno é um nome comum à mais de 15 tipos de proteínas, que estão por todo o corpo: "parede" de veias e artérias, articulações (cartilagens), tendões, ossos, dentes, pele (intestino também é uma "pele"). Qual é a prioridade, deixar a pele "bonita" ou reparar a musculatura lisa (artérias e veias)? Lógico que é o mais prioritário para a sobrevivência!

Dane-se a pele!!!

Para sobrar para a estética, o corpo já "fabricou" o que precisava de Colágenos para manter a "saúde"...

Aí a pessoa está toda desnutrida, apresentando múltiplas deficiências nutricionais, e espera que a pele, uma coisa supérflua à princípio, esteja linda e maravilhosa...

Já falei na postagem anterior da complexidade envolvida na síntese proteica: se há deficiência de qualquer item, óbvio que o resultado final será ruim, má síntese endógena (pouca produção) de colágeno, porque faltam matérias-primas!!!

Por isso é importante fazer exames de sangue para detectar alterações. É prevenção, coisa que muitos médicos ignoram (frequentemente meus clientes os procuram para fazer os exames usando seus convênios, que na verdade é um só, muito famoso em todo o Brasil, e estes teimosos egocêntricos raramente aceitam todos os exames que peço, dizem ser desnecessários)...

Ignoram por que são desnecessários... Será mesmo???

Várias vezes já me aparecerem clientes, vindo de médicos, afirmando que tinham anemia ferropriva (deficiência de Ferro), só que ao verificar o nível da Ferritina e Transferrina (estoque e transporte de Ferro), estes estavam longe de apresentar deficiência... Incrível isso, não acham? Anemia por deficiência de Ferro, sem que houvesse deficiência de Ferro... E onde estava o problema? Cobre (exame de Ceruloplasmina baixa), recentemente, apareceu uma anemia por deficiência do complexo B. E muitos teimosos só pensam que sangue é composto por Ferro, Ferro e mais Ferro... Aí dá-lhe Sulfato Ferroso, "que se exploda" o estômago e todo o corpo, já que Ferro literalmente faz enferrujar (oxidar) por dentro... Percebam o quão atualizados são estes profissionais... Fala sério... 

Não gosto de ficar rodeando assuntos e falando meia-verdades, é sem enrolação e sem fantasiar, doa onde doer... Se você já consultou comigo, pessoalmente ou pelo Skype, sabe que não sou egocêntrico e muito menos que digo que meu trabalho é o correto e o do fulano é o errado, ninguém é dono da verdade, ninguém é perfeito e algum momento acabamos errando... Tenho meus métodos, que "defendo com unhas e dentes"! É a minha verdade, como já falei, para minha vida e para minha família já são suficientes...

Óbvio que é impossível agradar à todo mundo, tem muitos que vem consultar para ouvirem aquilo que querem, em vez de deixarem de ser teimosos e aceitar aquilo que precisam ouvir.... Afinal, continuar fazendo a mesma coisa nunca levará à resultados diferentes, é preciso mudar, sair da zona de conforto!

O problema dos brasileiros é que se acham auto-suficientes em tudo, especificamente me refiro à nutricionista e educador físico, querem fazer tudo por conta própria, montar dieta e treino...

Nutricionista não é inimigo, pessoal, pelo contrário, mostramos o caminho, estamos "no mesmo time", queremos o mesmo objetivo, não é fácil mas também não é impossível! O que irrita é quando duvidam e não querem largar os velhos hábitos... Comem errado, treinam errado (Smartphone e academia não combinam, não dá pra ficar grudado no WhatsApp e querer ter bons resultados, "se liga", tenha foco no treino), fazem tudo errado...

Reflita e melhora suas atitudes... Já faz tudo certo? Parabéns!

Como o tema principal da postagem é (pelo menos era... kkk) o Colágeno, repito e finalizo, suplementar não faz sentido para 99,99% das pessoas...

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Hipertrofia muscular: até que nível é possível?


A resposta é: até você conseguir suportar o investimento ($$)...

O básico do básico os "marombeiros" já sabem, bastante carboidratos (CHO) e proteínas (PTN) em todas as refeições... Mas isto é só a ponta do iceberg!

Para começar, você não vai ficar menos hipertrofiado se não comer batata-doce com peito de frango! Não interessa para o corpo se os carboidratos virão da batata-doce ou de outros alimentos (aipim, arroz integral, cará, inhame, mandioquinha, batata-inglesa), bem como se a proteína vem do peito de frango ou de outros alimentos (ovos, atum, sardinha, tainha, camarão, siri, boi, suíno, javali, coelho, cavalo, etc)... Seus músculo querem glicose e aminoácidos, escolha um alimento-fonte e pronto!

Quanto mais acidez dentro do estômago, mais rápida é a quebra das cadeias quartenárias protéicas (desnaturação protéica, fisiologia básica) e menor é o desconforto abdominal pós-refeição (resultado da aplicação prática de uma fisiologia básica)...

A imagem abaixo mostra isso... O Ácido Clorídrico (HCl) e a enzima Pepsina agem reduzindo a complexidade da proteína, de estrutura quaternária para secundária, redução indispensável para melhorar a digestão pancreática e diminuir a fermentação bacteriana! Já falei disso nestas postagens aqui e aqui:




Sabendo disso, questiono: quem "pensa" no estômago na hora de comer? Quem mastiga corretamente??? Quantos usam e abusam de Abacaxi, Hortelã e Limão para ajudar o estômago??? Lógico que a proteína é fundamental, mas isso é algo básico que faz parte de um contexto muito maior do que simplesmente consumir 2g/kg de proteína, ou você espera resultados avançados com atitudes básicas??? 

Agora, pesquise pra ver quantos "marombeiros" tomam sucos artificiais de pacotinho com adoçante artificial, que nada ajuda na digestão, em vez de implementar ações diferenciadas... 

Aí, vamos supor que você mastiga mal e não se atém ao efeito dos "amigos" do estômago, logo está sentindo frequentemente uma ardência na boca e garganta, ou seja, pirose ("azia")... Distúrbio que reflete indigestão gástrica (estômago) e o Zinco é um mineral indispensável para isso (é importante na secreção do HCl), bem como para todo o metabolismo hormonal, no caso pense na Testosterona... Ou ainda não tem pirose, mas já está sentindo a digestão lenta, com a sensação de estômago cheio perdurando por muitas horas, mesmo comendo pouco volume de alimentos, sem falar na flatulência (gases, pum)... Por aí, começa uma deficiência de Zinco, e o efeito negativo disso vai se alastrando! Percebem como surge uma "bola de neve"?????

Até mesmo uma suplementação "simples" e "amiga do estômago", para aumentar a cloridria (diminuir o pH, aumentar a acidez dentro do estômago)Betaína Cloridrato, pode ter efeitos mais complexos dentro do corpo humano, inclusive favorecer a hipertrofia muscular...

Efeito da Betaína na composição corporal


Efeito da suplementação de Betaína na performance e fadiga


Como a Betaína pode ter esse efeito? Oras, ela participa do ciclo de metilação (com as vitaminas B2, B3, B6, B9, B12, perceba a importância das vitaminas no anabolismo, não pode faltar uma sequer) que leva à formação do DNA (replicação celular) e do RNA (aí ocorre a síntese protéica)...




Já que você percebeu a importância das vitaminas do complexo B, e quer suplementar, é bom considerar isto aqui... Você não pode misturar todas as vitaminas do complexo B na mesma cápsula e esperar grandes resultados...

Perceba como garantir um estado nutricional anabólico não se restringe à calorias, CHO PTN...


Agora, já que é para aumentar o nível de complexidade e partir para assuntos mais específicos, é interessante dosar vitaminas e minerais no sangue (e urina, se necessário) antes de sair suplementando em doses que "ouviu falar que é bom"... Suplementar nutrientes "às cegas" sem avaliar estado nutricional? Ácido Fólico, Cianocobalamina (vit. B12), Colecalciferol (vit. D3), Magnésio, Zinco, Vanádio, Selênio, e outros micronutrientes??? Vai, cave sua própria cova, suplementar sem verificar a necessidade...

Ok, então agora você já sabe que é importante dosar vitaminas e minerais?


Bom, Magnésio e Zinco séricos (exame padrão de sangue) SIGNIFICAM ABSOLUTAMENTE NADA, podem estar alto porque estão saindo dos tecidos e indo para o sangue, ou podem estar baixos pelo processo inverso. Me diga, você sabe qual a rota metabólica desses nutrientes na hora da coleta do sangue? Como estava o equilíbrio hormonal no momento? Os tecidos estavam se replicando rapidamente para exigir Zinco? Certamente não há como saber estas respostas! Somente exame dos minerais ERITROCITÁRIOS refletem com mais fidelidade o estado nutricional do nutriente. Aí sim, com valores ERITROCITÁRIOS baixos e comparando com todos os outros parâmetros seus, dá pra acertar na dose dos minerais com segurança...


Vamos supor que a referência ERITROCITÁRIO é de 1 à 10, sendo que seu Magnésio deu 5. Ótimo, dá pra suplementar com segurança uma dose alta, sempre incluindo POUPADORES de Magnésio (o mineral Boro e o aminoácido Taurina), que diminuem a excreção de Magnésio, com isso, o efeito da sua suplementação é potencializado, fantástico... 


Vitamina D, que de vitamina só tem nome, porque na verdade tem ação hormonal, regula as contrações musculares e tem várias outras funções neurológicas... Que 90% das pessoas tem deficiência, concordo claramente, vejo isso direto nos exames e depois sempre costumo prescrever, mas a dose depende do resultado do exame! No caso de suplementar este hormônio, deve sempre ser associado com vitamina A (que também tem ação hormonal) e vitamina K (fará o Cálcio ficar no osso, já que com mais vitamina D a tendência é ele sair do osso)...


Para aumentar a força e a resistência muscular, diminuir fadiga, acelerar a recuperação, etc, etc, Beta-Alanina e Creatina...


Melhorar todas as funções intestinais para garantir uma boa absorção de nutrientes, bem como para controlar a microbiota intestinal, Aloe Vera + prebióticos (Yacon, fécula de Batata, polvilho doce, amido de milho cru, banana verde) e probióticos (lactobacilos e bifidobactérias)...


Uma Dieta para levar à hipertrofia muscular é muito mais difícil de seguir do que uma dieta com fins de "emagrecimento"... Ou alguém julga ser fácil comer em média 5 vez por dia um "pratão de pedreiro" que estufa a barriga e até cansa para mastigar, com muito Aipim, Carnes, Ovos, verduras, Óleo de Oliva extra-virgem e uma Limonada?

Tudo fica ainda mais difícil com suplementação de micronutrientes, é cápsula na refeição, no intervalos das refeições, antes do treino, após o treino, uma loucura... E ainda há quem só pense em Whey Protein, como se esta fosse a única necessidade de suplementação para aumentar a hipertrofia muscular...


Todas as ações em sinergia, uma perfeita engrenagem... Claro, isso depende da sua meta, e, acima de tudo, do investimento $$$. Só não exiga grandes resultados com pífias alterações e investimento...

Vou me usar como exemplo, de novo: quando comecei à treinar musculação, pesava 62kg. Hoje, tenho 84kg, 22kg a mais! Adianta eu continuar com o esqueleto da dieta igual, apenas ir aumentando quantidades? Como fica a circunferência abdominal, com o enorme aumento no volume de comida? Dilatada como o abdômen de muitos fisiculturistas "modernos"...

Óbvio, que não! Preciso de algo mais avançado e mais complexo...

Claro que preciso de muito mais nutrientes do que antigamente, tanto dos macros (carboidrato, proteína, gordura) quanto dos micros (vitaminas do complexo B + Lipossolúveis, todos os minerais)... É necessário muito mais planejamento, mais refeições por dia para diminuir o volume de alimentos... 

Besteira, sacrifício demais? Bom, na musculação, você é o artista e a arte ao mesmo tempo... Nenhum outro esporte modela o corpo tão bem... Quer mais que isso? A pessoa só acha besteira quando não é importante pra ela...

Toda a transformação de nutriente em energia (ATP) é realizada dentro das mitocôndrias, uma organela celular (presente no citoplasma) que utiliza muitas vitaminas do complexo B (sim, de novo elas), além de outros nutrientes como Magnésio, Ácido Alfa-Lipóico e Coenzima Q10...

Na falta de nutrientes para processar a energia, o estresse oxidativo aumenta, e aí, meu amigo, é catabolismo total, lesões, "overtraining" e descanso por um bom tempo... Já era! E se não rever, cai no mesmo erro novamente...

Com tudo que dá pra fazer, os custos sobem bastante, e é necessário refletir se vale a pena... Para muitos,é muita grana investida todo mês, R$500 em comida, R$ 1000 em suplementação (carboidratos, proteínas, aminoácidos, vitaminas, minerais, fitoterápicos), R$ 100 com mensalidade da academia, R$ 500 com treinador (como diz o famoso educador físico Waldemar Guimarães: "personal é marca de papel higiênico, sou treinador, p****"), sem falar no custo da "cacetada" de exames de sangue e urina para uma avaliação detalhada (lógico, se não tiver convênio médico)...

Faça o que estiver ao seu alcançe!

Como mensagem final, perceba até que ponto leva a dedicação, independente da genética... 

Se quiserem que eu explore melhor algum assunto, comente...

terça-feira, 11 de março de 2014

Dia do "lixo" é pra comer "alimentos lixo"??? Batendo novamente nesta tecla


Sinto que preciso esclarecer algo referente à esta polêmica...

Já abordei isso nesta postagem aqui...

"Lixo" na dieta, creio que a maioria entende do que se trata: glúten, lactose, frutose, mel, açúcar de mesa (sacarose), caseína associada com muito Cálcio e pouquíssimo Magnésio, aditivos químicos (acidulantes, corantes, conservantes e por aí afora), há muito mais "coisa ruim", só que não é minha intenção aqui fazer uma revisão bibliográfica de tudo que existe de "lixo alimentar"...

Ter um dia do lixo não significa literalmente comer só o que não presta, purê de batata inglesa preparado com Manteiga tem Alto Índice Glicêmico, com certeza, mas nunca que é um "lixo"!!! Frita na Manteiga ou na Banha também são opções, Índice Glicêmico um pouco mais baixo, já que o Amido não ficou muito tempo sob alta temperatura...

Banana a mesma coisa... Sem falar que pode ser misturada com elementos que diminuam seu Índice Glicêmico, tais como Canela e alguma gordura (óleo de côco, manteiga)...

Sabendo selecionar a combinação de alimentos, a possibilidade é muito alta de não haver prejuízos ao bom andamento de toda a dinâmica do organismo, mesmo consumindo uma boa quantidade dos carboidratos de alto índice glicêmico...


terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Yacon


Este não é mais um tubérculo fonte de Carboidratos...




Apesar de ser conhecida como Batata, pela aparência, de Batata só tem aparência mesmo...



Tanto que se consome ela crua...






Proveniente da região da Cordilheira dos Andes, seu nome significa "água insípida", já que é composta aproximadamente por 80% de água...

Uma característica desse tubérculo é que 70-80% do seu peso seco ( que dá aproximadamento 15g) é pura fibra solúvel, cujo nome técnico é Oligofrutose (foi atualizado há anos e ainda teimam com o nome antigo, FOS que significa Fruto-oligossacarídeos), um excelente prebiótico, alimento para as bactérias Probióticas intestinais...

O sabor lembra uma Pêra, e praticamente nem tem gosto doce, obviamente porque apenas há umas 2g de carboidrato por 100g da Yacon...

Existem várias formas de controlar a Glicemia: comer menos carboidrato, consumir carboidratos com baixo Índice Glicêmico, consumir mais fibras - especialmente solúveis, incluir Canela na dieta e suplementar com o fitoterápico Gymnema Sylvestre (que nunca citei aqui no blog)... 

E a Yacon é mais uma ótima ferramenta...

Porém, associar várias ações sempre é o melhor modo, lembre-se que "uma andorinha sozinha não faz verão"...

Literatura científica??? Bastante, alguns artigos são:

Este estudo aqui mostrou que 7,5g de Oligofrutose (estimo algo próximo à 50g de Yacon) não causou flatulência. Lembrando que eram pessoas idosas, cujo trato gastro-intestinal já é mais sensível...

Este estudo aqui fez uma análise do teor de fibras e mostrou como há uma boa quantidade de compostos fenólicos com atividade antioxidante (vocês precisam lembrar que costumo bater nesta "tecla" nas postagens, oxidação e inflamação)...

Atividade antioxidante que foi re-comprovada aqui.

Este estudo aqui mostrou que sua inclusão na dieta proporciona benefícios em obesos e resistentes à Insulina.

Acelerou o trânsito intestinal sem causar flatulência ou irritação? Este estudo mostrou que sim...

Para quem quiser ler algo mais sobre a composição química: Yacon [Smallanthus sonchifolia] chemical composition and use – a review

Achei até dois estudos brasileiros, o que é uma raridade:
Glicemia e Yacon e Efeitos da utilização de Smallanthus sonchifolius (yacon) no tratamento de indivíduos com Diabetes Mellitus

Conforme já citei aqui nesta postagem, a flatulência é reflexo da dieta e gases muito barulhentos significam fermentação excessiva pelas bactérias intestinais, então, observe a dose consumida, se não causar nenhum efeito colateral, maravilha...


sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Limão: uma mega-fonte de antioxidantes e anti-inflamatórios



Essa "fruta" é um alimento indispensável na dieta, extremamente rica em elementos com ação anti-oxidante e anti-inflamatória (está aí uma das ferramentas para evitar a oxidação da LDL, assunto abordado na postagem anterior e que incrivelmente ainda atormenta muitos "low-carbers"): Ácido Cítrico, Ácido Ascórbico ("vitamina C) e Terpenos (no caso do Limão, são os Limonenos)...

Limão é riquíssimo nesses elementos, em média 5% do peso pode ser de Ácido Cítrico, e cada mL do suco de Limão (puro, concentrado) tem umas 20mg de Vitamina C...

Vou aprofundar esses números:

Em uma dia, é possível facilmente consumir o suco de uns 6 Limões, o que pode significar umas 150ml de suco. Se há 20mg de Ácido Ascórbico por mL, pode haver 3g de vitamina C, que pode parecer perigoso mas não é, já digo porque...

A forma de preparo que recomendo mais é: liquidificar por 5-10 segundos, com água. Dessa forma, não somente o suco será aproveitado, mas também a entre-casca e a casca, onde há muito Ácido Cítrico e Terpenos. Assim, eles passam para a água. Se 6 Limões pesam em média 500g, pode haver 30g de Ácido Cítrico por dia...

Se 3g de Vitamina C, suplementada isoladamente, não considero algo benéfico, visto que a probabilidade de formação de cálculo renal (nefrolitíase) é alta por formação de uma substância chamada Oxalato, sendo o consumo proveniente do Limão, este traz consigo muito Ácido Cítrico, que alcaliniza (diminui a acidez, aumenta o pH) o sangue e todo o corpo e é um grande inibidor da formação de Oxalato, tem-se uma união perfeita e por isso não torna-se perigoso!!!

O Ácido Ascórbico é um potente modulador da liberação de Cortisol, só que esse efeito inicia com muito mais do que 1 RDA (~100mg), pelo menos umas 500mg. 3g tem um ótimo efeito para esse finalidade também...

Só que como o Ácido Ascórbico é hidrossolúvel, ingerir 3g de uma vez não é útil, será eliminado mais da metade dentro de umas 3 horas, é preciso separar a dose ao longo do dia, desta forma, os benefícios serão ampliados...

Outra questão: a produção de Colágeno exige Ácido Ascórbico! Quem sente que a pele não está boa (flacidez) pode beneficiar-se do consumo (também)...

Sua acidez é fantástica para otimizar o funcionamento gástrico, associar sempre com refeições proteicas é uma excelente atitude...

No verão, é melhor ainda, bem gelado, delicioso...



Sal Rosa


Sei que a maioria das pessoas que costumam acessar meu blog já estão com uma boa bagagem de conhecimento, já não são mais leigas... Muitos vieram do blog do médico José Souto, outros do site do Rodrigo Polesso (Emagrecer de Vez), enfim... Como sei que o nível de vocês já é muito bom, não adianta eu ficar perdendo tempo com coisas básicas, porque isto vocês já sabem, então vou propor assuntos mais avançados...

Oxidação e Inflamação: processos parecidos, um causa o outro. Qual vem primeiro? Depende e não interessa, o fato é que os dois não são nada bons!!! 

Equilibrar a oxidação e a inflamação é a chave para um funcionamento ótimo do corpo humano, e são com pequenas ações, que a maioria de vocês já sabem (diminuir estresse para controlar Cortisol, dormir bem, treino intenso de curta duração, trocar carboidratos por gordura, abster-se de drogas e álcool)...

Então, aí vão algumas sugestões:

O Sal Rosa do Himalaia é um verdadeiro sal "integral/orgânico", pois está na sua forma bruta, que não passou por refinamento algum, assim contém muito mais do que cloreto de sódio...

Não vou aqui ficar repetindo o que a maioria dos sites/blogs/etc falam, que tem 84 minerais na sua composição química, até porque, procurei e não encontrei qualquer informação sobre a composição química MÉDIA desse sal rosa, e "maria-vai-com-as-outras" não faz meu tipo...

Se creio que tem muitos minerais e nutrientes? Certamente, mas não posso ficar divulgando que tem isso e aquilo sendo que não há informações técnicas de análises, para consulta...

Só o fato de ser algo bruto, cuja origem vem de muito tempo antes do homem ficar destruindo tudo que vê pela frente (no caso, me refiro especificamente à contaminar a água com metais pesados, como Mercúrio), já é suficiente para eu recomendar tal tempero...

Veja a aparência bruta das pedrinhas de sal, que maravilha, até já providenciei outra embalagem para deixar à mostra no consultório, já que não dá pra lembrar de tudo na consulta e estou deixando a curiosidade sobre esta "belezura" chamar a atenção dos meus clientes...










segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Colesterol


Por mais que a compreensão de que o excesso de carboidrato inventado pelo homem é o causador da pandemia absurda de obesidade, basta haver aumento nos níveis de "Colesterol" que dúvidas começam a rondar a mente de muitas pessoas...

Para que tudo fique claro, o exame não diz quanto há da substância "Colesterol", mas se refere à uma Lipoproteína, e esta sim transporta Colesterol dentro de si, mas não só isso...

Do Fígado, as Lipoproteínas saem sob a forma de VLDL (Lipoproteína de Densidade Muito Baixa), que contém principalmente Triglicerídios (aproximadamente 60%), colesterol (aprox. 25%), fosfolipídios (aprox. 10%) e proteínas (aprox. 5%)...

Percorrendo as artérias e veias, vai transferindo muito mais Triglicerídios do que Colesterol aos tecidos, assim surge uma LDL (Lipoproteína de Densidade Baixa), com Triglicerídios (aprox. 10%), Colesterol (aprox. 45%), Fosfolipídios (aprox. 20%) e proteínas (aprox. 25%)...

Se você come muito mais gordura do que carboidrato, essa gordura (triglicerídios) tem que ser transportada de alguma forma na corrente sanguínea, e elas circulam dentro das Lipoproteínas, é difícil comer muita gordura e não aumentar os níveis delas, mas isto é algo característico e não patológico (problema, doença), não há mal algum nisso...

Então pergunto: uma LDL de 150mg/dl ou de 300mg/dl: qual é "melhor"????

Depende de qual está oxidada... É a oxidação que "diz" o quanto uma molécula torna-se reativa e "maléfica"... Em uma dosagem padrão de Lipoproteínas não diz se o "colesterol" está oxidado ou não, somente um exame específico para isso pode informar com precisão...

Não dá pra fazer exame? Há outros meios de prever oxidação? Claro que sim...

Como é seu equilíbrio Oxidação X Anti-oxidação???

Sua vida é oxidante ou antioxidante???

Você descansa/relaxa/dorme "bem" (qualidade)?
Pratica atividade física regularmente?
Faz o possível para controlar qualquer tipo de estresse?
Não fuma nem usa outras drogas?
Fica longe de bebidas alcoólicas?
Consome antioxidantes regularmente?
Cãibras, tremores na musculatura, tensão muscular, dificuldade para relaxar, zumbido no ouvido, bruxismo... Tudo isso são coisas que não fazem parte da sua vida???

Se sim, relaxe, mesmo que você tivesse uma LDL de 500mg/dl, não haveria razão para se preocupar...

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

O problema é a "mente fraca"



Muitas pessoas costumam chegar à um certo ponto do processo de mudança de composição corporal, seja na redução da gordura ou no aumento da massa muscular, que evoluir mais parece impossível...

Mas será que é? Bom, depende de que forma você encara a situação:

Se você se conformar com a situação e não modificar cada detalhe da atividade física, dieta, suplementação nutricional e fitoterápica, bem como outros fatores que influenciam esses processos (descanso e estresse), óbvio que não terá resultado algum...

Existem sempre dois caminhos: "esconder a cara" ou "dar a cara ao tapa"...

Dar desculpas é para os fracos, que se contentam: ah, assim tá bom... Tá, vai deixar por isso mesmo, não vai buscar alguma inovação????

SEMPRE há algo à ser melhorado!!!

Vou contextualizar com meu exemplo, espero que vocês entendam a mensagem:

Meu peso natural, sem treino de musculação, oscilava entre 62 e 66 kg há 2 anos atrás, sendo que meu percentual de gordura corporal nunca passou de 12% e meço 1,80m. Atualmente, tenho 82kg, e aproximadamente 11% de gordura corporal, sendo que minha meta é aumentar mais 8kg de massa magra até dia 31 de dezembro, chegando a 90kg. Assistam esses dois vídeo antes de continuar a leitura, são mais direcionados para os "marombeiros", mas o conteúdo pode ser contextualizado sem problema algum para seu caso:







Provavelmente em algum ponto dessa minha escalada até o topo da montanha irei "travar", passar 30 dias sem aumentar 1kg de massa magra. Mas vou fazer o que quando isso acontecer?

Olhar para trás e pensar "assim está bom, já ganhei 20kg mesmo" e me contentar com isso (minha mãe sempre diz isso.. kkkk), ou olhar para a frente e ver que faltam apenas 8kg para chegar à minha meta?

Óbvio que lembro que estou tão perto e desistir não me trará lucro algum, apenas uma sensação de dever não-cumprido...

Assim, isso me faz levantar o traseiro da cadeira e ir treinar, mesmo que para isso precise de alguns recursos ergogênicos estimulantes...

Já na dieta, certamente preciso ficar atento o tempo, já que o volume de alimentos é desconfortante e atrasos implicam em estresse antes de dormir por atrasar horário de sono, e é necessário usar muito Limão e plantas como Hortelã e Boldo para acelerar cada vez mais o esvaziamento gástrico... Eu poderia "me achar", afinal de contas sei como ajeitar uma dieta, me esforço para estar capacitado para isso ao máximo... Mas como ninguém sabe tudo, nesse trajeto posso solicitar apoio profissional de outro nutricionista que eu confie, afinal, detalhes da conduta dele podem ser úteis na minha dieta...

Finalizei meu exemplo, agora, voltando à explorar o tema desta postagem:

Pensamentos do tipo: "será que consigo ultrapassar essa barreira?" e "será que tenho algum problema?" só atrapalham...

É tudo individual, e o que funciona hoje não necessariamente funcionará amanhã, com a adaptação do corpo à dieta, ela precisa ser modificada, por exemplo, trocando 50% da gordura por proteína, alternando dias com mais consumo energético e dias com mais restrição... E aí, é testar, testar e testar... Não existe receita certa e uma dieta adequada para todo mundo...

Desbloqueie sua mente, isso te atrasa!

Defina sua essência em uma frase! Sim, você consegue explicar uma vida de uma forma tão simples? Duvido!

A dieta encaixa no mesmo contexto!

É muito mais complexo do que tirar carboidrato e gordura da dieta para levar o corpo ao nível insuportável cronicamente para ele (de forma aguda isso funciona muito bem): utilizar a gordura corporal como energia... 

É muito mais complexo do que ingerir 40kcal/kg, 4g/kg de carboidratos e 3g/kg de proteínas para aumentar a massa muscular...

Talvez você não tenha dado atenção aos níveis de Cortisol e não saiba que com fitoterápicos e nutrientes como Ácido Ascórbico (vitamina C) e Magnésio podem auxiliar na modulação (equilíbrio) desse Cortisol...

Talvez sua dieta tenha pouca proteína, e esse macronutriente exige um grande gasto energético para ser metabolizado, com isso a TMB pode aumentar...

Se apoiar na expressão "o problema é minha genética" é quase como dizer: "quer saber, desisto!"


Existem formas de dar um "olé" na individualidade biológica (genética), ajustando os hormônios, por exemplo, mas para isto, novamente, é preciso desbloquear a mente, porque o que faz mal mesmo é achar que sabe alguma coisa...

Aí aparece na mídia uma pessoa "sem noção" dizendo que se arrependeu de utilizar esteróides anabolizantes, porque estava com câncer no fígado: pára, né? Usava drogas como se fosse água, bebia como alcoólatra e a culpa é do anabolizante??????????????????? Nem usar sabia, porque o resultado estético não mostrava coisa alguma... De certo, não quis "gastar" com médico, aí deu nisso!

Então, reflita sobre isso, como diz o ditado: quem tem boca vai à Roma..